Erro no banco de dados do WordPress: [Table 'u678100357_wp.wp_ppress_sessions' doesn't exist]
SELECT * FROM wp_ppress_sessions WHERE session_key = '12bb3fea0f4685e084aa953c9c831940'

Esteatose hepática - uma doença silenciosa e muito perigosa. - Dr. André Medeiros
Esteatose hepática – uma doença silenciosa e muito perigosa.

Escrito por Dr. André Medeiros

23 de novembro de 2020

Esteatose hepática - uma doença silenciosa e muito perigosa.

Uma condição que atinge, aproximadamente, 30% da população, assim é a chamada Esteatose Hepática.

Uma doença silenciosa, caracterizada pelo acúmulo de gordura no interior das células do fígado, órgão que tem importantes papéis no nosso organismo como fazer o metabolismo dos carboidratos e proteínas, a síntese de colesterol, auxiliar na digestão de gorduras, armazenar vitaminas e minerais além, é claro, de ser o responsável por fazer um detox do nosso corpo.

 

QUAIS AS CAUSAS?

A Esteatose Hepática pode ser classificada de duas maneiras:

✔️  Esteatose Hepática Alcoólica, provocada pelo consumo excessivo de álcool;

✔️  Esteatose Hepática não Alcoólica, que tem como fatores de risco o sobrepeso ou a perda brusca de peso, diabetes não controlada, sedentarismo, uso de medicações como corticóide e, até mesmo, a gravidez.

 

QUAIS OS SINTOMAS?

Geralmente, a Esteatose Hepática é uma doença assintomática.

Porém, nos casos mais graves os pacientes se queixam de dor, fraqueza, perda de apetite, além de aumento do fígado.

Em estágios mais avançados a doença pode evoluir para problemas mais graves, como cirrose hepática, hepatite gordurosa (inflamação do fígado) e, até mesmo, câncer.

 

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO?

Nas fases iniciais, o diagnóstico da Esteatose Hepática é feito através de exames laboratoriais ou de imagem.

Uma vez diagnosticada a doença, é indispensável realizar outros exames para diferenciar de outras doenças como hepatites, ou doenças autoimunes e genéticas.

Qual o tratamento?

Não existe um tratamento específico para Esteatose Hepática.

Uma vez diagnosticada a doença, o tratamento mais eficaz se dá através da mudança do estilo de vida com a da adoção de bons hábitos alimentares e da prática de atividades físicas.

Artigos Relacionados

Constipação intestinal – livre-se desse problema!

Constipação intestinal – livre-se desse problema!

O seu intestino funciona como um "reloginho" ou quando você vai ao banheiro tem dificuldades para evacuar, passar minutos sentado e quando finalmente sai, fica a sensação que não foi suficiente. Se você passa por esse tipo de problema, você pode sofrer de constipação...

Prevenção do câncer de intestino ou colorretal

Prevenção do câncer de intestino ou colorretal

O câncer de intestino ou colorretal é um tumor maligno que se desenvolve no intestino grosso, ou seja, no cólon ou em sua porção final, o reto.Infelizmente, esse tipo de câncer acomete boa parte da população, porém, muitos deles não sabem que estão com a doença, seja...

Abscesso anorretal – o que você precisa saber

Abscesso anorretal – o que você precisa saber

Abscesso Anorretal, também conhecido como abscesso anal, é um infecção na região do ânus, geralmente, ou próximo dela.   QUAIS AS CAUSAS? De 2 a 3 vezes mais frequente em homens com idade entre 20 e 60 anos, o abscesso anorretal, geralmente, tem como causa a...